Descobrindo seus Propósitos de Vida

Este exercício vai guiar você por uma exploração das suas características, interesses e visões de mundo para ter maior clareza do seu propósito de vida.

O propósito é uma visão do seu futuro pessoal e profissional que inspira e emociona você. Se esta visão estiver conectada com quem você é e com os seus valores, ela poderá apoiar a construção de objetivos que vão te realizar de verdade, dando a energia e motivação para você enfrentar os obstáculos e desafios que certamente aparecerão no caminho.

Quem ainda não tem uma visão de propósito costuma enfrentar alguns problemas:

  • Dificuldade de tomar decisões importantes com segurança, como a escolha de um curso superior ou de uma carreira;
  • Maior interferência dos pontos de vistas e opiniões de outras pessoas nas próprias escolhas;
  • Menor capacidade de influenciar e convencer os outros a sua volta;
  • Menor poder de realização e menos força frente aos obstáculos, gerando maior desistência;
  • Menos prazer, bem estar e saúde no dia a dia.

Ter clareza de propósito favorece a construção de uma vida com clareza de futuro e foco nas atividades importantes, ajudando a aplicar seus talentos e capacidades ao máximo. Quanto mais presente estiver a consciência inspiradora do propósito, maior será a sua capacidade de persistir sobre os obstáculos. Você também terá um elevado orgulho e sentimento de realização à medida que executa as ações que percebe que precisa fazer e colhe seus resultados.

Se quiser saber um pouco mais sobre este tema, assista a este vídeo no Portal ULife, ou a este trecho de palestra do Anthony Robbins, onde ele explica a diferença entre objetivos e propósito e a importância deste último.

Duração

1ª parte – brainstorm de autoconhecimento: 20 minutos.

2ª parte – identificando as ideias mais fortes

3ª parte – construindo a sua declaração de propósito: cerca de 10 minutos.

4ª parte (opcional) – testando a força da sua declaração: cerca de 10 minutos.

5ª parte – ativando o poder do propósito: duração variada.

Total: cerca de 40 minutos.

1ª parte – brainstorm de autoconhecimento

Você responderá a 14 perguntas que vão te ajudar a se conectar com seus talentos, interesses, valores e visão de futuro. Estas perguntas serão respondidas em sete quadrantes. O áudio a seguir guiará você no decorrer do exercício.

O tempo para resposta a cada pergunta é limitado, e assim que o tempo se esgotar você deve parar e responder à pergunta seguinte. O limite de tempo é intencional. O tempo curto evita selecionar demais o que vamos responder, e quando colocamos no papel o que vem instintivamente à nossa cabeça, há mais chances de que aquilo seja algo que venha da nossa essência. Quando pensamos demais, podemos acabar racionalizando, e colocando nas nossas respostas, mesmo sem perceber, pontos de vistas que não são exatamente os nossos.

Também não basta pensar nas respostas. O ideal é que você as escreva. Isso estimula nosso cérebro a trabalhar com outros recursos, que aprofundam o nosso autoconhecimento. Quanto mais específico você conseguir ser, melhor, mas tudo bem também se não for possível neste momento. O importante é dar o primeiro passo 😉

Baixe e imprima a folha de exercício aqui. Você também pode digitar suas respostas diretamente na folha, mas o ideal é usar papel e caneta para facilitar que as suas ideias fluam.

2ª parte – identificando as ideias mais fortes

Agora que você explorou todas estas questões, você já tem na sua “cesta” alguns dos elementos que são mais importantes. Tente identificar e marcar até 10 frases ou expressões no conjunto de respostas que você deu que são mais significativas para você, aquelas que mais te tocam.

3ª parte – construindo a sua declaração de propósito

Agora é hora de construir a primeira versão da sua declaração de propósito! A declaração é um pequeno parágrafo, em geral com uma ou duas frases, que capta a essência do impacto que você quer trazer através da sua vida. Você não precisa usar as palavras que marcou na 2ª parte, elas são mais para te ajudar a mapear as respostas.

Para começar, você pode usar a seguinte estrutura:

Eu vou apoiar as pessoas X a conquistarem X através das atividades X.

Como você pode ver, a declaração de propósito conecta três principais elementos:

  • Pessoas: para quem você quer fazer a diferença? Cite aqui pessoas, grupos ou organizações que você gostaria de impactar positivamente, com as quais você sente uma conexão e empatia acima da média.
  • Conquista: qual a diferença que você quer fazer na vida destas pessoas? O que você gostaria de ajuda-las a alcançar ou a resolver?
  • Atividade: quais atividades você poderia realizar para ajudar as pessoas que você definiu a conquistarem aquilo que você gostaria de oferecer a elas?

Exemplos:

Pessoa

Para quem você quer fazer a diferença

Conquista

Que você gostaria de ajudar a pessoa a alcançar

Atividade

Que permitiria você ajudar aquela pessoa realizar a conquista

Estudantes do ensino superior. Definir com clareza seus rumos profissionais e a se capacitarem para se inserirem com sucesso no mercado. Atividades de desenvolvimento de carreira, como oficinas, treinamentos e elaboração de materiais de apoio.
Mães solteiras que precisam de apoio para trabalhar. Construir uma carreira realizadora tendo a tranquilidade de que os seus filhos estão sendo cuidados. Criação ou trabalho em creches ou instituições diferenciadas de apoio para mães.
Pessoas que busquem apoio na justiça. Fazer valer seus direitos de uma forma consciente, efetiva e rápida. Atuação como mediador e estímulo a prática da mediação como alternativa ao processo judiciário.
Empresas que precisem gerir com qualidade suas finanças. Ter previsibilidade de receitas e despesas para poder investir com segurança no seu crescimento. Trabalho nas áreas de contabilidade ou financeiro em grandes empresas.
Organizações que busquem maior efetividade na comunicação entre seus colaboradores. Uso de soluções que permitam que as pessoas se conectem com maior efetividade e possam desenvolver seu potencial criativo. Desenvolvimento um negócio de criação de soluções tecnológicas de comunicação criativa.
Pessoas que querem viver uma vida mais saudável. Ter o conhecimento e disciplina necessárias para desenvolver hábitos de qualidade. Desenvolvimento de materiais como vídeos, palestras, livros e estudos que evidenciem a importância da qualidade na realização de exercícios, sono e alimentação.
Pessoas talentosas que queiram se desenvolver como atores. Desenvolvimento de técnica e confiança necessária para viver de arte. Oficinas, cursos e treinamentos de desenvolvimento de competências artísticas.
Pessoas que vivem nos centros urbanos. Alcance de maior qualidade de vida no deslocamento dentro da cidade, com menor impacto ao meio ambiente. Pesquisar e propor soluções sustentáveis, rápidas e de baixo custo.

 

4ª parte – testando a força da sua declaração (opcional)

Uma declaração poderosa é aquela que te inspira e que mexe com você profundamente, trazendo o ânimo e energia necessários para que você superar os momentos difíceis da sua caminhada. Ela te ajudará a manter o foco, a esperança e a força na sua jornada. Christian Barbosa, um autor referência em produtividade e planejamento, sugere em seu livro “A tríade do tempo”, alguns pontos que indicam que a sua declaração tem força. Baseado no trabalho dele e em outras reflexões foi construída a seguinte checklist. Confira se o seu propósito ela atende a estes pontos:

  • É poderoso, inspirador, envolvente e motivador. Seu propósito te arrepia, te emociona e te toca profundamente? Não basta ser ‘legal’, ou ‘interessante’! A busca por um propósito que te emocione é a melhor bússola para construir uma declaração poderosa.
  • É realista. Seu propósito é algo que, mesmo sendo difícil, é possível de ser realizado?
  • É desafiador. Seu propósito é algo que você pode perseguir durante toda a sua vida, e não algo que você realize em alguns meses ou anos?
  • Está no seu limite de atuação. A realização do seu propósito depende na maior parte de você, e não de outras pessoas?
  • Leva à ação, e não à contemplação. Seu propósito te dá vontade de levantar da cadeira e começar a trabalhar por ele?
  • Explicativo por si só e pode ser entendida por outras pessoas. Você acredita que, se você contar seu propósito a outras pessoas, elas entenderão claramente o que você quer alcançar?

Utilize os pontos acima para aprimorar sua declaração.

5ª parte – ativando o poder do propósito

Revisitar e ler o seu propósito é uma boa ideia quando:

  • Você se sente desanimado frente aos obstáculos ou dificuldades que se apresentam;
  • Você se tem questionado se as escolhas profissionais e pessoais que tomou realmente fazem sentido;
  • Você tem que realizar uma decisão importante na sua vida.

Busque uma maneira para trazer esta declaração para mais perto do seu dia a dia. Algumas pessoas gostam de imprimi-lo e leva-lo na carteira, ou coloca-lo em um ponto em que possam consultar rapidamente no quarto ou no ambiente de trabalho. Como você pode fazer para deixa-lo mais a mão e conectar suas atividades quotidianas ao destino inspirador que você quer realizar?